30 outubro 2010

Voto Consciente - Eleições 2010

outubro 30, 2010
É muito comum ouvirmos que todos os políticos são iguais e que o voto é apenas uma obrigação. Muitas pessoas não conhecem o poder do voto e o significado que a política tem em suas vidas.
O voto, numa democracia, é uma conquista do povo e deve ser usado com critério e responsabilidade. Votar em qualquer um pode ter conseqüências negativas sérias no futuro, sendo que depois é tarde para o arrependimento. 
Por isso, não importa o que os outros falam ou pensam...seja consciente, vote naquele(a) candidato depois de analisar seu passado político e suas propostas políticas, e principalmente pela sua própria escolha, e nunca discrimine o voto de ninguém, pois é um direito de todos...
Não seja apenas mais um...sem opinião própria...seja Cidadão...

Vai aí minha dica....
VOTE COM RESPONSABILIDADE...


27 outubro 2010

Dançar de Salto Alto faz mal a Saúde?

outubro 27, 2010



                A grande maioria das mulheres são apaixonadas por salto e na maioria das vezes quando assunto é festa ou balada o salto alto não pode ficar de fora, pois ele ajuda deixar a mulher mais elegante e atraente, mas estudos feitos com 8 bailarinas profissionais foi comprovado que dançar de salto compromete os movimentos dos dedos com o tempo.


Os resultados foram os seguintes: dançando com um salto de 10 centimetros provoca uma pressão três vezes maior do que se você estivesse dançando descalço, além de futuramente poder causar um tipo de calo no peito do pé que é muito dolorido chamado de ”fascite plantar” comprometendo o uso de saltos pelo resto da vida.Mas sair para dançar de salto de vez em quando não tem problemas, o ruim é se você usa salto todos os dias e não dá descanço algum de final de semana.

Mais vamos combinar...é tão lindo dançar de salto né meninas...ÔH Glamour....mulher sofre mesmo...kkkk....mas saúde é mais importante...vamos revezar...
Um beijo e um sorriso viu ?!


25 outubro 2010

Make: Maquiagem colorida

outubro 25, 2010


A maquiagem colorida está em alta meninas.
 As cores são vivas, cintilantes e fluorescentes.  
O destaque da maquiagem colorida é para os olhos e a boca.
Apesar de as cores serem fortes e chamativas, é sempre bom lembrar que deve se ter cuidado com o equilíbrio entre olhos e boca. Caso as sombras sejam brilhantes ou coloridas, a boca deve receber apenas um discreto gloss,viu? valendo também o batom cor de boca. Se o olhar for apenas realçado com tons neutros, aí pode caprichar no batom que fica tudo de bom.
Particularmente eu amo maquiagem, e tudo que é novidade vale experimentar, só não pode é exagerar viu??
Bjinhusss 



23 outubro 2010

Maledicência

outubro 23, 2010

Não fales mal de ninguém



Toda pessoa não suficientemente realizada em si mesma tem a instintiva tendência de falar mal dos outros.
Qual a razão última dessa mania de maledicência?
É um complexo de inferioridade unido a um desejo de superioridade.
Diminuir o valor dos outros dá-nos a grata ilusão de aumentar o nosso valor próprio.
A imensa maioria dos homens não está em condições de medir o seu valor por si mesma. Necessita medir o seu próprio valor pelo desvalor dos outros.
Esses homens julgam necessário apagar as luzes alheias a fim de fazerem brilhar mais intensamente a sua própria luz.
São como vaga-lumes que não podem luzir senão por entre as trevas da noite, porque a luz das suas lanternas fosfóreas é muito fraca.
Quem tem bastante luz própria não necessita apagar ou diminuir as luzes dos outros para poder brilhar.
Quem tem valor real em si mesmo não necessita medir o seu valor pelo desvalor dos outros.
Quem tem vigorosa saúde espiritual não necessita chamar de doentes os outros para gozar a consciência da saúde própria.
As nossas reuniões sociais, os nossos bate-papos são, em geral, academias de maledicência.
Falar mal das misérias alheias é um prazer tão sutil e sedutor – algo parecido com whisky, gin ou cocaína – que uma pessoa de saúde moral precária facilmente sucumbe a essa epidemia.
A palavra é instrumento valioso para o intercâmbio entre os homens. Ela, porém, nem sempre tem sido utilizada devidamente.
Poucos são os homens que se valem desse precioso recurso para construir esperanças, balsamizar dores e traçar rotas seguras.
Fala-se muito por falar, para “matar tempo”. A palavra, não poucas vezes, converte-se em estilete da impiedade, em lâmina da maledicência e em bisturi da revolta.
Semelhantes a gotas de luz, as boas palavras dirigem conflitos e resolvem dificuldades.
Falando, espíritos missionários reformularam os alicerces do pensamento humano.
Falando, não há muito, Hitler hipnotizou multidões, enceguecidas, que se atiraram sobre outras nações, transformando-as em ruínas.
Guerras e planos de paz sofrem a poderosa influência da palavra.

Há quem pronuncie palavras doces, com lábios encharcados pelo fel.
Há aqueles que falam meigamente, cheios de ira e ódio. São enfermos em demorado processo de reajuste.

Portanto, cabe às pessoas lúcidas e de bom senso, não dar ensejo para que o veneno da maledicência se alastre, infelicitando e destruindo vidas.

Pense nisso!

Desculpemos a fragilidade alheia, lembrando-nos das nossas próprias fraquezas.
Evitemos a censura.
A maledicência começa na palavra do reproche inoportuno.
Se desejamos educar, reparar erros, não os abordemos estando o responsável ausente.
Toda a palavra torpe, como qualquer censura contumaz, faz-se hábito negativo que culmina por envilecer o caráter de quem com isso se compraz.
Enriqueçamos o coração de amor e banhemos a mente com as luzes da misericórdia divina.

Porque, de acordo com o Evangelho de Lucas, “a boca fala do que está cheio o coração”.



Esse texto foi extraído do livro “A Essência da Amizade” – Huberto Rohden*



"Pois é amores....esse texto falou por mim....e o que tem dentro do meu coração vai além disso...O que leio ou escuto ou me faz feliz pelo carinho e respeito dos que me admiram e amam ou me faz rir, pela falta de luz própria...
Vai aí a minha dica de hoje...

Um beijo e um sorriso